segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Falso Cristianismo - Paul Washer e João Calvino

Paul Washer

Você quer saber o que sua profissão de fé em Jesus Cristo vale? A resposta é essa: vale absolutamente nada. Porque assim disse Jesus: "Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? (Mateus 7:22)

A defesa dessas pessoas ante o Senhor da Glória são suas obras. Você acha que um verdadeiro cristão, iluminado pelo Espírito Santo e que conhece a depravação do próprio coração, você acha que ele realmente daria boas obras para defender o porquê o Senhor deveria deixá-lo entrar no reino dos céus? Jesus disse: "Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." (Mateus 7:23) Não são todos que chama Jesus de Senhor que entrarão no reino dos céus.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O que a Predestinação faz com o Evangelismo? - R. C. Sproul


Esta pergunta levanta graves preocupações a respeito da missão da Igreja. É particularmente pesada para cristãos evangélicos. Se a salvação pessoal é decidida anteriormente, por um imutável decreto divino, qual é o sentido ou urgência do trabalho de evangelismo?Fonte:

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Caminho da Salvação - Cristo: o nosso Salvador - Helder Nozima (5)

Parte (1) , (2) , (3) e (4)

No post anterior, aprendemos que a Bíblia ensina que todos, sem exceção, são pecadores. Mais do que isso, vimos que o pecado nos torna mortos diante de Deus, merecedores do inferno. Enquanto a culpa do nosso pecado permanecer sobre nós, o que nos aguarda após a morte é apenas a condenação eterna. E isso não é mau ou injusto, é a pura expressão da perfeita justiça divina. Contudo, Deus não nos criou a humanidade apenas para ver todos os seres humanos ardendo no fogo do inferno. Há uma possibilidade de sermos achados inocentes e justos. E é isso o que nos ensina Efésios 2:1-10:

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Princípios de Interpretação Bíblica – Misael Batista do Nascimento (2)


Parte (1)

Cuidado com os textos “misteriosos”


Não dê atenção a textos obscuros. Pode parecer estranho, mas esse é um princípio que eu considero dos mais importantes. Alguns indivíduos tem o prazer em escarafunchar curiosidades inócuas tais como quem era o jovem nu do final do Evangelho de Marcos (Mc 14:51-52), os detalhes do batismo pelos mortos citados por Paulo em 1Co 15:29, acerca da pregação de Cristo aos espíritos em prisão, citada em 1Pe 3:18-20. Assim, perde-se tempo analisando detalhes irrelevantes. Essas questões podem parecer um “prato cheio” para os eruditos e técnicos textuais do Novo Testamento, mas, na maioria das vezes, dizem pouco ao cristão comum.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Princípios de Interpretação Bíblica – Misael Batista do Nascimento (1)


Parte (2)

Uma grande responsabilidade do professor cristão é interpretar corretamente a Palavra de Deus. Esta é a base da obra de ensino e pregação. De nada adianta sermos excelentes comunicadores, sabermos utilizar muito bem as modernas técnicas didáticas, se entendermos mal os ensinos bíblicos, e os passarmos adiante de forma inadequada. O objetivo dessa apostila é transmitir noções básicas de interpretação das Escrituras.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A Busca da Santidade - John Stott


Muitos dos segredos da santidade nos são revelados nas páginas da Bíblia. De fato, um dos objetivos principais da Escritura é mostrar ao povo de Deus como levar uma vida que lhe seja digna e que lhe agrade. Porém um dos aspectos mais negligenciados na busca da santidade é a parte que compete à mente, conquanto o próprio Jesus tenha posto o assunto fora de qualquer dúvida quando prometeu: “conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. É mediante a sua verdade que Cristo nos liberta da escravidão do pecado. De que forma? Onde se encontra o poder libertador da verdade?


segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Os cristãos devem se sentir culpados o tempo todo? - Kevin DeYoung


Eu imagino que há muitos cristãos que raramente sentem peso na consciência ou pontadas de culpa. Mas também conheço muitos, muitos cristãos (inclusive o que eu vejo no espelho) que fácilmente se sentem culpados por muitas coisas que não estão fazendo ou que fazem menos que perfeitamente. De fato, estou convencido que a maioria dos cristãos sérios vivem suas vidas com um leve senso de culpa quase constante.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Ajude até os pobres mais ímpios - Joel Brooks


Meu escritório está localizado em uma das áreas mais pobres da cidade de Birmingham, Alabama. Mesmo enquanto estou a escrever este artigo, do lado de fora da minha janela eu posso ver duas prostitutas de pé do outro lado da rua em frente a um hotel e um mendigo empurrando um carrinho de supermercado cheio de latas. Confrontado com cenas como esta diariamente, passei a pensar muito sobre o chamado de Jesus para servir os menores. Mas como isso deve acontecer na minha vida? Ao longo dos anos, tenho muito mais fracassos do que sucessos quando se trata de alcançar estas pessoas.


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Um entendimento bíblico do evangelismo - Mark Dever (3)



Parte (1), (2)


Como Deveríamos Evangelizar?

Se a conversão é entendida como meramente um compromisso sincero feito uma vez, então precisamos levar todo mundo ao ponto de confissão verbal da forma como pudermos. Biblicamente, contudo, embora devamos cuidar, implorar, persuadir, nosso primeiro dever é ser fiel à obrigação que temos de Deus, que é apresentar as mesmas boas novas que ele nos deu. Deus trará conversões ao apresentarmos essas boas novas.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

É possível um crente fiel viver sem orar? - Hernandes Dias Lopes


"Meus irmãos, eu estou seguro, e estou certo, de que sem oração não há cristianismo bíblico, sem oração, não já crente forte, sem oração não há igreja santa, sem oração não há igreja que experimente o poder de Deus para uma vida piedosa e um crescimento numérico. Este texto que lemos nos fala que a Igreja nasceu em uma reunião de oração, todos perseveravam unânimes em oração."


quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

E se eu não tiver o dom de evangelista? - J. Mack Stiles


Eu entendo que há muitos obstáculos para a prática do evangelismo; eu sei disso porque costumava usar todas aquelas desculpas para evitar as oportunidades de praticá-lo. Tendo em vista a oposição do mundo, minhas tentativas prévias atrapalhadas ou fracassadas, e os desafios de meu próprio coração pecaminoso, parece ser melhor deixar essa atividade nas mãos dos profissionais, bons de conversa e apoiados por grandes organizações religiosas. Eles são tão bons que parecem ter um… dom. Mas o que é ter esse “dom de evangelista”, afinal de contas?

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Relação entre Lei e o Evangelho - Rev. Heber Carlos Junior

O Rev. Heber Campos Junior, explica a partir de Gálatas 3 a relação que há entre Lei e Evangelho e mostra a relevância do assunto para os dias de hoje e mostra também como essa relação é má compreendida até mesmo pela comunidade de crentes.


terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Você precisa estudar Teologia - Nathan W. Bingham


Palavras como teologia e doutrina têm conotações negativas para muitos cristãos. Isto é uma grande tragédia, pois acredito firmamente que todo cristão precisa estudar teologia em algum momento de sua caminhada cristã. Em nenhuma ordem em particular, aqui vão cinco razões de porque você precisa estudar teologia, e possivelmente algumas delas você não tenha considerado antes.